Como escolher o melhor cartão de crédito

Nem sempre os consumidores sabem como escolher o cartão de crédito. Hoje o mercado oferece diversas empresas de cartões e soluções digitais.

Com tantas opções o consumidor fica em dúvida na hora de optar pelas alternativas ou até aceitar as opções do banco. Entretanto, nem sempre a escolha do usuário é adequada ao seu bolso.

Pensando nisso, criamos a seguir um guia para auxiliar a definir o seu cartão de crédito. Confira a seguir alguns pontos.

5 dicas para escolher o cartão de crédito

1 – Tarifas

Ao ter um cartão e preciso saber que o item custa caro. O valor também pode ser diferente para aqueles que são de uso internacional.

Lembre-se que o cartão internacional apresenta tarifas altas e isto pode fazer com que você gaste além. Esta opção somente é indicada se você precisa mesmo. Caso não utilize, opte pelo cartão da versão nacional.

Na hora de definir não deixe de avaliar o tipo do serviço e também a sua necessidade. Um exemplo se você tem o hábito de viajar para fora, deixe habilitado o crédito internacional somente para viagem. Antes de escolher o cartão consulte todas as tarifas e faça uma comparação entre elas.

2 – Benefícios

O mercado precisa estar aberto para todas as inovações. Com isto, os planos de cartões são variados e existem diversos programas. Entre as opções temos milhas, de pontos, descontos e etc.

Pode parecer benéfico, mas é importante lembrar que alguns destes serviços o usuário nem utiliza. O ideal antes de escolher é consultar quais serviços você prefere e qual você pode tirar benefícios.

Exemplos de tipos de benefícios:

  • Assistência Residencial;
  • Doação para ONGs, Associações e Times de Futebol;
  • Programa Fidelidade;
  • SOS Veículos;
  • Viagem.
Solicitar Cartão de Crédito Sem Sair de Casa
Solicitar Cartão de Crédito Sem Sair de Casa

3 – Taxa de juros

Não é recomendado usar o rotativo do cartão de crédito. Para os casos na qual o consumidor sabe que não vai ser possível pagar a fatura, opte pelo empréstimo. O ideal é escolher um mais barato, consignado ou online ou do cartão, para não enrolar.

De qualquer modo, imprevistos acontecem, portanto, é preciso estar sempre atento ao Banco Central. No portal é possível verificar as taxas cobradas de cada instituição.

No final das contas nem sempre as taxas de juros são apresentadas pelo banco. O correto é sempre consultar o banco e ver todos os valores taxas.

4 – Bandeira

A bandeira também é um ponto decisivo na hora de escolher o cartão de crédito. O ideal é observar esta questão, pois nem todas as opções são válidas nos supermercados, lojas ou restaurantes.

Para ter conhecimento, reunimos as principais bandeiras de cartão. Confira quais são:

  • Visa;
  • Mastercard;
  • American Express;
  • Hipercard;
  • Elo;
  • Diners;
  • Sorocred;
  • Hiper;
  • Aura.

5 – Banco

Para quem deseja abrir uma conta corrente é preciso verificar as tarifas que os bancos cobram mensalmente. Os valores costuma mudar de acordo com a instituição, portanto, vale comparar e conferir cada um.

Outra questão que vale na hora de definir o banco é a possibilidade de negociar. Quem possui conta corrente ativa e apresenta saldo positivo pode falar com o gerente e ver se pode diminuir a anuidade do cartão escolhido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *